,

Publicado: 07/10/2009 em Uncategorized

Normalmente, quando se fala em “propagandas boas”, o meio utilizado para avaliá-las é a criação – a forma criativa de se fazer um link entre a imagem e a parte textual, ou a sacada que a propaganda provoca dentro do contexto que se encontra, ou também imagens engraçadas com trocadilhos divertidos, etc.

 

Mas são poucas as vezes que escutamos falar que “uma propaganda é legal” quando ela deixa de possuir uma criatividade relacionada á imagens. Em outras palavras, quero dizer que o valor dado á parte escrita tem sido cada vez menor, e as imagens passam a dominar o meio publicitário. Claro que uma frase de sustentação é essencial em anúncios de mídia impressa, ou frases explicativas de comerciais televisivos… Mas a importância é sempre dada mais para as imagens do que para o texto.

 

Recebi um e-mail um dia desses, muito interessante: sobre os 100 anos da ABI (Associação Brasileira de Imprensa). Foi uma campanha feita para comemorar a data e, muito bem planejada, contou com um recurso protagonista não muito comum: a vírgula.

 

Vírgula pode ser uma pausa… ou não.

Não, espere.

Não espere.

 

Ela pode sumir com seu dinheiro.

23,4.

2,34.

 

Pode ser autoritária.

Aceito, obrigado.

Aceito obrigado.

 

Pode criar heróis.

Isso só, ele resolve.

Isso só ele resolve.

 

Pode criar vilões.

Esse, juiz, é corrupto.

Esse juiz é corrupto.

 

Ela pode ser a solução.

Vamos perder, nada foi resolvido.

Vamos perder nada, foi resolvido.

 

A vírgula muda uma opinião.

Não queremos saber.

Não, queremos saber.

 

Uma vírgula muda tudo.

ABI: 100 anos lutando para que ninguém mude uma vírgula da sua informação.

 

E indo mais a fundo no assunto, nos damos conta do quanto é importante – tanto a vírgula, como seu emprego gramatical – em anúncios publicitários. Como diz o narrador: uma vírgula muda tudo. E faz uma grande diferença.

 

 

Este pequeno detalhe pode fazer toda a diferença, chegando até em ser capaz de mudar e transformar informações. Por isso, é de grande preocupação o emprego de recursos textuais em meios publicitários, pois quando se trata de vender produtos, conquistar consumidores, chamar a atenção e se destacar com a propaganda – seja lá em qualquer mídia – é fundamental o bom uso da língua.

 

Fica aí uma idéia diferente de se fazer propaganda e de mostrar a qualidade de uma empresa: o tema que será focado para chamar a atenção do receptor. “Uma vírgula muda tudo. ABI: 100 anos lutando para que ninguém mude uma vírgula da sua informação”.

 

Fontes:

http://mesquita.blog.br/abi-100-anos-para-que-ninguem-mude-uma-virgula-da-informacao

 

http://gentedemidia.blogspot.com/2009/06/campanha-100-anos-da-abi-sobre-virgula.html

 

http://estrategiaempresarial.wordpress.com/2009/07/29/abi-o-valor-da-virgula/

 

http://www.abi.org.br/

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s